Eleições 2016 - um alerta

09/03/2016 11:31

Não é verdade que as eleições se tornam inválidas,
- se todos votarem nulo;
- se ninguém comparecer para votar.

Aliás, nunca será possível garantir nenhuma das duas situações. Muito se advoga pelo voto facultativo, mas as pessoas esquecem que se o voto não for obrigatório, votarão apenas aqueles que esperam se beneficiar particular e diretamente, ao invés daqueles que possuem opinião política sobre o futuro do país.

Se estiver bom para você, vote nos políticos de sempre ou nos filhos e mulheres deles.

Se você pensa no futuro dos seus filhos e considera a falta de serviços públicos como saúde, previdência, educação e segurança uma humilhação, então vote em pessoas diferentes.

Lembre-se: embora tentem cretinamente lhe culpar, a epidemia de dengue, da zika e do "chicogunha"  não são culpa sua ou da população mais pobre. Trata-se do resultado, previsível até por débeis mentais, do corte das verbas de combate ao mosquito pelo governo federal em 2015.

E o dinheiro que o governo investe ou corta é o que foi tirado do seu bolso em impostos aparentes ou embutidos nos preços de alimentos, remédios e tudo o que você compra. Enfim, as famílias que sofrem com crianças que morrem ou nascem com microcefalia, sofrem porque o governo escolheu que fosse assim.

Enfim, se você acha que sua saúde não precisa ser prioridade do governo, vote nas mesmas pessoas e pare de reclamar.

Não se esqueça, contudo, que algo pode começar a mudar este ano. Depende só de você acordar!

Sérgio Figueiredo


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!